Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes para aprimorar ainda mais a sua experiência em nosso site. Consulte nossa Política de Privacidade para obter mais informações. Ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

A glutationa (GSH) está profusamente distribuída em tecidos animais, vegetais e em microorganismos. Encontra-se presente em elevadas concentrações intracelulares (0.1- 10 mM) e é consequentemente o tiol mais prevalente e o mais abundante péptido de baixo peso molecular. A GSH foi adaptada por processos evolutivos para realizar uma gama diversa de funções. Por exemplo, a glutationa mantém um adequado potencial de oxidação-redução nas células.

 

A glutationa interfere na catálise, metabolismo e transporte; participa em reacções que envolvem a síntese de proteínas e ácidos nucleicos e também em reacções de metabolização de peróxidos e de inactivação de radicais livres. É frequente a formação de conjugados de glutationa com uma grande variedade de compostos de origem endógena e exógena e a glutationa é também um co-factor para diversas enzimas. A GSH é sintetizada intracelularmente e é exportada das células; a sua degradação é iniciada por y-glutamil transpeptidase, uma enzima conjugada à superfície externa de certas membranas celulares.

 

Alterações no metabolismo de glutationa em associação com um aumento do stress oxidativo tem sido relacionado com a patogenicidade de diversas doenças. Contudo, é ainda desconhecido se estratégias que tenham como objectivo restaurar a concentração de glutationa e a homeostasia são eficientes na melhoria ou modificação destes estados. Nesta revisão é focado o papel patogénico de alterações no metabolismo de glutationa em diversas doenças. A apoptose representa um mecanismo fisiológico conservado de morte celular programada, que é essencial ao normal desenvolvimento e à homeostasia dos tecidos em todos os organismos, afirmando-se assim o papel crítico da GSH como modeladorchave das funções celulares. Desta forma, uma alteração da GSH celular para glutationa oxidada (GSSG) leva a que a alteração do balanço redox favoreça a permanência de espécies reactivas de oxigénio.

 

Com isto a glutationa oxidada constitui um marco importante no destino da célula. Esta revisão aborda a descrição das diferentes vias apoptóticos, a compartimentalização celular de GSH e as proteínas redox de sinalização apoptótica assim como o papel dos mecanismos redox nas fases de iniciação e execução da apoptose.


Benefícios:

-Antioxidante natural;
-Prevenção do câncer e doenças degenerativas;
-Prevenção do envelhecimento;
-Fortalece o sistema imunológico;
-Detoxificante do corpo.


Modo de usar: 

Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.


Validade: 6 meses.

1 - Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2 - Imagens meramente ilustrativas.

3 - Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

4 - Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

5 - Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

6 - Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

7 - Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

8 - Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9 - Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.

10 - A utilização do produto deve ser feito por pacientes de idade adulta.

11 - Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

12 - Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

13 - "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

14 - "Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante do insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.”

15 - Em caso de dúvidas, consulte nossa equipe e farmacêutico.

 

"Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!"

 



FAÇA SUA AVALIAÇÃO



FAÇA SUA PERGUNTA

Você precisa estar logado em sua conta para tirar suas dúvidas.

Faça seu login.
RECEBA NOVIDADES E PROMOÇÕES
Curavida Farmácia de Manipulação LTDA.

CURAVIDA MANIPULAÇÃO LTDA.

CNPJ: 06.994.307/0001-31

Rua Marechal Floriano Peixoto, 371

Centro-Rio Grande/RS - CEP 96200-380

Fone: (53) 3231-7087

REDES SOCIAIS

CERTIFICADOS

FORMAS DE PAGAMENTOS

Diretor Técnico Dr. Diogo Sant'Anna Pias CRF-RS 7661

AE: 1.08198.5 | AFE: 0.423397.5 | Certidão de Regularidade nº 17249

Licença Sanitária nº 431560288-477-000003-1-0 

© 2022 Curavida Farmácia de Manipulação LTDA. - Todos os direitos reservados - Desenvolvida por WGR Tecnologia